Decoração de festa: tema jacaré

Quando começou a falar, meu mais velho, Luca, começou pelas palavras tradicionais, além de água: mamãe, papai, papá, vovó, vovô etc. Quando começou a evoluir para um nível acima de vocabulário começou a falar “jacaré”. A gente não sabia o motivo, já que ele não tinha um boneco de jacaré ou nenhum brinquedo marcante, mas ele adorava falar “jacaré”. Então foi natural que esse virasse o tema da festa de dois anos dele.

Um tema difícil, para o qual não existe nada pronto, mas que tinha a cara do Luca e que ficaria uma graça. Para encarar esse desafio escalei a super Gi Cafure, que no ano seguinte fez a festa de Pinóquio. Ela, obviamente, não tinha nada pronto com o tema, pois nenhuma mãe maluca tinha pedido esse tema antes de mim, mas se dedicou e fez uma decoração linda com muito verde, tanto a cor quanto folhagem, pelúcias com o personagem principal, pirulitos e cupcakes de jacaré e papelaria personalizada.

De lembrancinha, além de uns kits com jujuba e chocolate (que ficaram na cristaleira), demos as máscaras de feltro de jacaré feitas pela minha mãe (que já viraram tradição nas festinhas da família) e um pequeno quebra-cabeça de jacaré personalizado, que as crianças e os adultos adoraram. Minha mãe também comprou um jacaré de piscina grandão que fez sucesso com as crianças e sobre o qual meus filhos e sobrinhos brincam até hoje (quase cinco anos depois). Os tios trouxeram dos EUA uma fantasia de jacaré de pelúcia que também fez sucesso!

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

festa de jacaré

 

Leia também

One comment

Deixe uma resposta