Festa infantil em casa

Festa infantil em casa

Eu venho de família festeira, adoro comemorar a vida, acho que só de estarmos vivos e saudáveis já é um motivo enorme para comemorar. Depois que tive filhos, então, passei a valorizar ainda mais as comemorações. Fiz mesversário, festa de 1 ano, 2 e por aí vai. Já fiz festão para 100 pessoas e festa “Leve e Busque” no estilo menor (para meu mais velho). O importante pra mim é comemorar, não importa como!

5 anos em casa

No dia 24/10 meu caçula, Enrico, fez 5 anos. Este ano não daria para fazer festa grande, então lembrei de amigos que moram na Europa e fazem as comemorações em casa, pequenas, mas cheias de carinho. Foi essa a minha opção. Mas no nosso caso, apartamento. E como não temos play era no apartamento mesmo. A ideia era no próprio dia do aniversário dele direto da creche, pois moramos na rua da escola. Como seriam 15 crianças (só daria para chamar os amigos da sala) contratei um serviço de animação para entretê-los. Não daria para incluir a família na comemoração por falta de espaço, então fizemos um bolo para tias, tios, primos e avós no fim de semana. Tirei os móveis da varanda, reorganizei os da sala e liberei espaço para as brincadeiras. Fiz uma decoração simples, mas digna de festa. Contratei uma ajudante para a cozinha e servi comidinhas infantis: cachorro-quente, batata frita, pipoca, pão de queijo, kibe e coxinha. A proposta era Leve e Busque para os adultos que não pudessem ficar, mas algumas mães ficaram para ajudar e foi ótimo.

Meu filho amou ter todos os amigos em casa de uma só vez (só três deles já tinham vindo aqui) e acho que as outras crianças também curtiram. Interagiram bastante com a animação, mas eu também deixei o quarto dele aberto. É claro que a bagunça rolou solta por lá, mas nada que uma bela arrumação não resolvesse. Só optei por trancar o quarto do mais velho pois tem o triplo de brinquedos, além de televisão co video game, achei que tiraria o foco da animação, além dele ficar chateado com a bagunça nas coisas dele sendo que a festa era do irmão.

No fim a decisão de fazer a festa em casa foi muito acertada. Ele curtiu muito, nós também, não foi uma loucura como algumas pessoas imaginavam e conseguimos fazer uma comemoração bacana para não passar em branco. Em um próximo post ainda esta semana darei detalhes sobre a decoração, feita também de forma caseira, por mim, mas com cuidado e carinho.

Leia também:

Almofada para amamentação estampada

Parque D. Pedro Shopping terá Halloween com caça aos doces e muita travessura

Faber-Castell decreta fim da cor de pele

Dicas de Presente Dia das Crianças: Jogo da Mesada

Maternidade é uma loucura

D.P.A. – A Peça: Um Mistério no Teatro

Deixe uma resposta