Literatura Acessível: oportunidade para educar sobre inclusão e acessibilidade

O Projeto @literatura_acessivel  é uma série de livros acessíveis que tem o objetivo de sensibilizar quanto à importância da inclusão e da acessibilidade.

Neste período de isolamento social o Literatura Acessível preparou um presente: contações das histórias online com a atriz Bia Mussi e o artista cego Marcos Lima, idealizador do Projeto Histórias de Cego.

E vem mais por aí…

As próximas contações de histórias do Literatura Acessível serão: “O menino que escrevia com os pés” (dia 7) e “A menina que perdeu a perna” (dia 18). São versões com legendagem e audiodescrição, seguindo as exigências de acessibilidade da Secretaria Especial de Cultura, que podem ser encontradas em  https://linktr.ee/LiteraturaAcessivel.

Também por conta da pandemia do Covid-19, o Projeto Literatura Acessível disponibilizou os títulos em formato ebook.

Acho que você também pode gostar desse post:

Dica de livro: Tulu, em busca de um lugar para viver

Tulu é um livro sensível, com lindas ilustrações, que conta a história de um pequeno índio e as consequências das queimadas. O menino Tulu é amigo dos animais, das plantas e de toda a natureza que o cerca.

Mas tudo começa a mudar quando as queimadas tomam conta da mata. Tulu vê os homens cortando as árvores e destruindo o verde e acaba precisando se mudar.

Achei uma ótima oportunidade para conversar com os meninos sobre a importância de cuidar da natureza e o que está acontecendo com a Amazônia.

Escrito por Donaldo W. Buchweitz e ilustrado por Ina Carolina, o livro é editado pela Ciranda Cultural. Somente R$ 22,13 na Amazon.

Deixe uma resposta