Livros para fortalecer o vínculo afetivo entre pais e filhos

Livros

Na semana em que comemoramos o Dia dos Pais recebi essa indicação de pauta e adorei o tema. Não sei como funciona por aí, mas por aqui a mãe lê com mais frequência para as crianças do que o pai. Segundo uma pesquisa publicada no jornal britânico The Independent em 2018 apenas 30% dos pais leem para seus filhos diariamente. O estudo entrevistou 1.000 pais e descobriu que 97% deles entendem a importância dos livros.

Estreitamento de laços

A prática da leitura pode ser uma ótima oportunidade de estreitar os momentos em família, mais ainda neste momento de isolamento social. Pensando nisso, a orientadora educacional do colégio Mopi Maria Isabel Abreu criou uma lista com seis livros que ajudam a reforçar laços entre pais e filhos.

Amor

Para Maria Isabel Abreu, o momento da leitura que une pais e filhos é uma forma de amor: “Construir um vínculo de qualidade com os filhos não é algo que acontece naturalmente. É preciso dedicação diária, presença constante e muito carinho. Há, por exemplo, quem tenha dificuldade em sentar no chão para brincar com os filhos, correr pela casa com eles ou fazer aquela bagunça no quarto para brincar de cabaninha. Há pais que preferem ler livros para os filhos, e há ainda aqueles que adoram conversar, ou somente observá-los enquanto brincam, se fazendo presente de outras formas. O certo é que, independente da forma como a interação acontece, o que importa realmente é que os pais deixem claro seu amor pelos filhos”, diz Maria Isabel.

Indicações

Abaixo, a educadora do colégio Mopi enumera seis livros, explicando por que as obras ajudam a estreitar laços entre pais e filhos.

1- Pai, me conta sua história

Autora: Elma van Vliet 

Uma belíssima oportunidade para os pais contarem e registrarem sua história de vida junto com os filhos. Com espaço para escrever, colar fotografias e incluir o que mais desejar, este livro é um presente valioso. Afinal, os verdadeiros tesouros de família são as lembranças que compartilhamos com as pessoas que amamos.

2- O homem que amava caixas

Autor: Stephen Michael King

Esse livro fala de maneira simples e bonita sobre o relacionamento entre pai e filho. Com ilustrações alegres e muita sensibilidade, ‘O Homem que Amava Caixas’ conta a história de um homem que era apaixonado por caixas e por seu filho. O único problema é que, como muitos pais, ele não sabia como dizer ao filho que o amava.

3- Papai Urso

Autor: Cecilia Eudave

Não é de se estranhar que haja por aí algum papai que, às vezes, fica nervoso com as coisas que acontecem. Quando a braveza passa, eles voltam à normalidade, sendo carinhosos. Mas não foi bem assim que aconteceu com o pai de Ana. Aos poucos, ele foi se transformando em um urso irritado e com garras afiadas. O que a menina poderá fazer para combater o Senhor Estresse, causador de tanto rebuliço? Uma história sobre os problemas da atualidade, e sobre como a imaginação infantil consegue colocar novamente as coisas em perspectivas.

4- Macaquinho

Autor: Ronaldo Simões Coelho

Toda noite, o macaquinho ia para a cama do pai. Cada dia era uma desculpa: ou porque estava com frio, ou com fome, ou com medo. E o papai nunca conseguia dormir, mas sempre resolvia o problema. Até que, um dia, o filhote conta a verdadeira razão de querer ir para a cama do pai. Qual seria o problema afinal?

5- Meu pai é uma figura

Autora:  Rosana Alverne 

Você conhece pessoas impossíveis? Elas são tão impossíveis que podem ser um monte de coisas. E você até diz: que figura! Pois essas “figuras” também têm filhos e esses filhos todos podem dizer: “meu pai é uma figura.” E o seu? Escrito pela contadora de histórias Rosana Mont’Alverne, este livro é ilustrado por Maurizio Manzo, que encontrou um jeito muito divertido de fazer o leitor brincar com o pai, figura que – vamos dizer a verdade – todo mundo tem.

6- Meu pai é uma girafa

Autores: Stephen Michael King e Gilda de Aquino

Meu pai é grande e alto, gentil e divertido… meu pai é uma girafa! Valendo-se da visão de uma criança, o premiado autor e ilustrador australiano Stephen Michael King cria este divertido e afetuoso livro, no qual as qualidades de um pai são vistas de forma inusitada por seu filho.

Leia também:

Decoração: dez ideias para organizar as bolas
Frase: técnicas de sono
Sexta inspiradora: Feliz Dia dos Pais
#TBT: o quarto de Jack – sobre ser a melhor mãe que você pode
Dica de livro: Até as Princesas Soltam Pum
Filmes escondidos na Netflix: É o Bicho
Dia Mundial da Amamentação
TBT: extensor de body faz a roupa durar mais
Dica de livro: Guilherme Augusto Araújo Fernandes
Filmes Escondidos no Prime Video: Lorax
TBT: mãe chata, a desagradável tarefa de fazer-se odiar
Filmes escondidos no Netflix: A Máscara em que Você Vive
Sexta inspiradora: fotos de grávida